Efeito Bolsonaro. PIB de Concórdia cresce sete vezes mais que o nacional

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística -IBGE divulgou neste mês de dezembro, os dados referentes ao Produto Interno Bruto-PIB dos municípios brasileiros. Em 2016, o PIB de Concórdia era de R$ 2,9 bilhões e, segundo o mais recente levantamento, realizado pelo instituto, alcançou R$ 3,18 bilhões. 
Os dados se referem a 2017 e, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Wagner Isidoro Simioni, é motivo de comemoração. “Precisamos comemorar este avanço, enquanto o Brasil cresceu pouco mais de 1%, Concórdia apresentou crescimento sete vezes maior”, destaca Simioni. 
O secretário ressalta as ações do governo municipal no setor do desenvolvimento econômico. “Estamos empenhados em reposicionar Concórdia como Polo Regional. Neste ano, encaminhamos a construção da nova área industrial, iniciamos o estudo para a exploração das águas termais e também assinamos o contrato com a empresa que irá revitalizar o calçadão da Rua do Comércio. São ações em diversas áreas da economia” comemora o secretário. 
O prefeito Rogério Pacheco lembra que ainda em 2017, a Administração Municipal aprovou a Lei do Horário Livre do Comércio, dando maior liberdade para quem quer empreender no município. “Com todas estas ações positivas estamos com uma expectativa que estes números, que já são destaque, possam melhorar ainda mais”, destaca o prefeito, ressaltando que todas as ações voltadas para a área terão ainda mais reflexos positivos a médio e longo prazo. “Podemos comemorar, pois mais uma vez, fica comprovado que nossa economia é forte”, conclui.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe seu comentário